Bom público tem prestigiado a primeira edição do Festival Literário de dourados, que acontece no Parque dos Ipês. (Fotos – Assecom)

O I Flido – Festival Literário de Dourados – que acontece juntamente com a 11ª Edição do ProLer, continua hoje com uma extensa programação no Parque dos Ipês. A ação encaminhada pela gestão Délia Razuk por meio da Secretaria de Cultura tem por objetivo incentivar a leitura junto à população e valorizar os escritores regionais.

O evento foi iniciado na quarta-feira (09). A abertura oficial contou com representantes de várias instituições de Dourados e profissionais do meio literário. Na data ocorreu bate-papo com o escritor Cristóvão Tezza, mediado pelo professor-doutor de Literatura Portuguesa da UFGD, Gregório Foganholi Dantas.

Nesta sexta-feira (11), às 14h haverá contação de Histórias (crianças de 8 a 10 anos), no saguão do Teatro Municipal. Às 15h acontece a oficina Mediação de Leitura. Para às 17h30 a programação conta com Os Baús Bambliotecos dos escritores sul-mato-grossenses.

Durante a noite, a partir das 18h, haverá o cordel Odila Lange que homenageia Inezita Barroso interpretando a “Marvada Pinga”. Para às 19h30 tem mesa de debate com o tema ‘Fomento à Publicação’ com os escritores regionais.

A programação desta sexta se encerra com o show musical de Fernanda Ebling e Banda.

No sábado (12), as ações continuam com o teatro “A Coragem que Conserva os Dentes”, às 16h, e show musical Dagata e os Aluízios, às 17h.

No local, há uma praça de alimentação variada e pontos de comercialização de livros.

O secretário Gil Esper destaca que o evento contou com excelente aceitação e a Prefeitura seguirá incentivando ações neste formato para agregar à cultura douradense.