Publicado em 18 de abril de 2017 às 10:20

Profissionais da Saúde vão às ruas atender população de Ponta Porã

Profissionais da Secretaria Municipal de Saúde saíram às ruas para desenvolver atividades que visam prevenir doenças. (Foto: Divulgação)

A Secretaria Municipal de Saúde desenvolveu, no Dia Mundial da Saúde, várias ações na Praça Lício Borralho, centro de Ponta Porã. Um dos locais de maior movimentação de pessoas na cidade. A data especial foi criada pela Organização Mundial de Saúde, a OMS, como forma de alertar as pessoas sobre a necessidade de prevenir e até mesmo detectar precocemente várias doenças que, sem tratamento adequado, se transformar em enormes problemas para as pessoas e gastos para o poder público.

Durante todo o dia, os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, desenvolveram ações no sentido de incentivar a prevenção das doenças. A equipe aferiu pressão arterial, a glisoce e também peso das pessoas. Neste aspecto a principal preocupação era identificar pessoas com propensão a terem doenças como diabetes, hipertensão arterial, entre outras.

A equipe também distribuiu panfletos e preservativos, orientando sobre a necessidade da prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. Também foram feitas orientações sobre uso de drogas, alimentação saudável, saúde bucal e vacinação. A equipe de imunização aplicou vacinas contra a gripe e febre amarela, por exemplo. Também estavam disponíveis outras vacinas para que as pessoas pudessem atualizar suas carteiras de vacinação.

Doenças como leishmaniose, tuberculose, dengue, receberam uma atenção especial por parte dos profissionais que repassavam informações básicas orientando sobre as formas de prevenção. “Este é um trabalho fundamental para que possamos orientar e até mesmo detectar problemas de saúde. Aqui, quando a pessoa faz um teste rápido de glicemia ou afere a pressão arterial, pode aparecer algo que merece ser observado com maior atenção. Nestes casos, orientamos os moradores a procurarem atendimento médico nas unidades de saúde”, informou o secretário de saúde, Patrick Derzi.

“Tem gente que nunca vai ao posto de saúde e, quando o faz, é porque já desenvolveu algum problema que o incomoda. Por isso que ações como esta, orientando as pessoas a buscarem atendimento mesmo não estando sentindo qualquer sintoma de doença, ajuda a prevenir e detectar problemas que, se não forem cuidados, vão contribuir para desenvolver doenças cujo tratamento ou cura são difíceis”, afirma Juliana Zanett Albertini, gerente de atenção à saúde. “Há pessoas que tem problema e nem sabe”, complementa.

O tema deste ano das ações voltadas ao Dia Mundial da Saúde é a depressão. “Todas as doenças merecem uma atenção especial. Porém, muitas pessoas acabam não dando a devida importância, por conta da correria do dia a dia. Isso contribui inclusive para encarecer um tratamento, acarretando mais gastos no setor público de saúde. Daí a

importância de ações como esta que pretendemos desenvolver não só na área central, mas também nos bairros e distritos”, informou o secretário de saúde, Patrick Derzi.

Tópicos

Comentários