Os acampamentos usados pelos traficantes também foram destruídos. (Foto: Divulgação)

Policiais da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai destruíram nesta sexta-feira na fazenda Santa Rosalina na região do Trabuco em Capitan Bado, cidade que faz fronteira com Coronel Sapucaia no Mato Grosso do Sul, mais de cinco toneladas de maconha pronta para prensagem e outras três toneladas e meia da droga que estava sendo secada.

Os agentes destruíram também 1 hectare da droga que estava plantado em fase de crescimento, seis acampamentos usados pelos traficantes e todo material necessário para o preparo e plantio do entorpecente.

A operação faz parte da política das autoridades paraguaias em apertar o cerco contra os traficantes que utilizam a região de fronteira com o Brasil para o plantio e comercialização da droga.