Publicado em 15 de junho de 2017 às 12:33

Com requintes de crueldade, preso é morto na PED

Preso assassinado cumpria pena na PED pelo crime de tráfico de drogas e havia sido condenado a 11 anos e três meses de prisão.

Um preso foi morto na manhã desta quinta-feira na Penitenciária Estadual de Dourados. O corpo dele foi encontrado dentro da cela que ele dividia com o preso Bolívar Penso Rocha de 38 anos, que confessou o crime, mas não disse o motivo.

Júlio César Ferreira da Costa de 25 anos cumpria pena na PED pelo crime de tráfico de drogas e havia sido condenado a 11 anos e três meses de prisão. Os peritos o encontraram com um saco plástico na cabeça e as mãos amarradas para trás. Foram encontrados também vários hematomas na região peniana e um objeto foi inserido sem seu ânus. Na cabeça do rapaz havia ainda várias lesões causadas por pancadas.

Bolívar foi indiciado por homicídio no Primeiro Distrito Policial e depois levado de volta para a PED.

Comentários