Representando a Escolas Erasmo Braga, Rogério Dias Renovato recebeu moção do deputado e vereadores. (Foto: Thiago Morais)

A Câmara Municipal de Dourados participou, na noite desta segunda-feira (15), da programação alusiva aos 90 anos da chegada dos primeiros missionários protestantes em Dourados. Os vereadores Alan Guedes (DEM), Sergio Nogueira (PSDB) e Maurício Lemes (PSB) representaram o Poder Legislativo no culto de gratidão realizado na Igreja Presbiteriana de Dourados.

O reverendo Roberto Brasileiro Silva, presidente da Igreja Presbiteriana do Brasil, comandou a cerimônia religiosa, que contou com a presença, também do vice-governador Murilo Zauith (DEM) e do deputado estadual Herculano Borges (SD).Durante o ato, foram reverenciadas figuras históricas desse processo, como os reverendos Alberto Maxwell, o médico Nelson de Araújo, o professor Esthon Marques e o agrônomo João José da Silva, chefiando a missão que veio com o propósito de evangelizar os povos indígenas dessa região, ainda na vila de Dourados, no final da década de 1920.

Para o presidente da Câmara, Alan Guedes, a chegada dos missionários antes ainda da criação oficial do Município ajudou a alavancar o surgimento da cidade, “porque essa série de ações impulsionadas pela Missão Caiuá, o Hospital Evangélico, a Igreja Presbiteriana, Escola Erasmo Braga e a Escola Vital Brasil de enfermagem, por exemplo, tornam essa participação muito mais representativa para ajudar a escrever a história de Dourados”.

A programação da chegada dessa missão começou sexta-feira (12), com abertura da Mostra Histórica dos 90 anos no salão social da Igreja e prosseguiu no sábado (13) com vários cultos e a participação do coral Mitã Rory, de Amambai. No domingo (14), também foi realizado Culto de Gratidão com a participação especial do reverendo Beijamim Bernardes, secretário-executivo da Missão Evangélica Caiuá.

De acordo com o vereador Sergio Nogueira, 1º. secretário da Mesa diretora da Câmara, a história de Dourados está marcada “pela presença atuante dos missionários presbiterianos, na saúde indígena e da sociedade, através da Missão Caiuá e do Hospital Evangélico”. Apenas o Hospital Evangélico conta hoje com 600 funcionários. Ele também destacou a forte liderança do movimento missionário na Educação, pelos programas de ensino indígena e as ações da Escola Erasmo Braga [que celebra 80 anos em Dourados neste mês], “todos construindo essa linda história de fé e amor com nossa cidade”. O Erasmo Braga integra 115 funcionários e 46 estagiários.

O deputado Herculano Borges entregou moções, aprovadas pela unanimidade dos deputados da Assembleia Legislativa de MS, à Igreja Presbiteriana, à Missão Caiuá, à direção do Hospital Evangélico e à Escola Erasmo Braga.