Pré-candidato a presidência da pelo movimento Tempo de Ordem. (Foto: Assessoria)

O Movimento Tempo de Ordem, que busca levar discussões construtivas para a Ordem dos Advogados – OAB/MS, apresenta nesta terça-feira (09/10), em Campo Grande, o pré-candidato da chapa a vice-presidente, Felipe Azuma, que tem Jully Heyder como pré-candidato a presidente. “O Dr. Azuma representa a nova visão que propõe o nosso movimento, uma Ordem que representa bem a proposta de integração na OAB e reforça o amplo diálogo em todos os setores da advocacia, uma necessidade de compreensão dos problemas que vivenciamos ”, aponta Jully.

Todo o trabalho de elaboração de propostas e discussão de ideias iniciou com o lançamento do Movimento Tempo de Ordem com a redação e divulgação da Carta de Princípios, com assinatura de mais de centenas de advogados e advogadas de todo o Estado, e segue angariando parceiros por onde passa. Azuma um dos líderes do movimento é advogado militante, graduado no ano de 2000 pela Unigran – Centro Universitário da Grande Dourados. Especialista em Direito Penal e Criminologia pela UFPR/ICPC, também atua como professor de Criminologia e Prática de Processo da Unigran. Atual presidente da comissão do novo Advogado e acadêmico de Direito da 4ª Subseção Dourados e Itaporã, é membro da Associação Internacional de Direito Penal, Grupo Brasileiro – AIDP-Brasil. “Entro no Movimento Tempo de Ordem com a intenção de promover e buscar uma mudança da OAB, para uma luta efetiva das prerrogativas dos advogados e da sociedade”.

Felipe Azuma foi ainda presidente da 4ª Subseção da OAB/MS – Dourados e Itaporã – na gestão de 2013 a 2015, é autor de vários artigos científicos e do livro Inexigibilidade de Conduta Conforme a Norma e do Manual de Criminologia, que está em fase de finalização, e defende a interlocução da Seccional com as Subseções de forma mais intensa. “É importante para o Movimento ter um integrante do interior na diretoria. Queremos que toda a advocacia sul-mato-grossense esteja e se sinta representada na Seccional”, finaliza Azuma, que é atuante na Região da Grande Dourados.

Na ocasião, também será discutida a Carta Programa, com resumo do conteúdo das ideias do Movimento, além de ouvir as sugestões dos advogados e advogadas que estarão reunidos. O encontro é também um momento de confraternização e de reunião da categoria que se encontra desamparada. “Queremos discutir ideias e propor condutas que efetivamente vão constituir os compromissos de campanha e a atuação para um novo tempo para a OAB em Mato Grosso do Sul”, acrescenta Jully Heyder. O encontro será em Campo Grande na Rua Pedro Coutinho, 53, no Jardim dos Estados, a partir das 18 horas.