Frota própria dispõe de 15 ônibus para atender alunos da área rural do município.(Fotos – A. Frota)

Depois de três dias, o transporte escolar voltou a ser atendido com 100% da frota em Dourados. O serviço ficou parcialmente suspenso por três dias por conta de manutenção em parte da frota própria do município, composta hoje por 15 ônibus, sendo três adaptados para o transporte de deficientes. Desses, sete foram retirados de circulação para pequenos reparos, como na parte elétrica, troca de óleo do motor e de pneus ou por falta de tacógrafo, entre outros.

“Nossos ônibus não saem para rodar se não oferecer a mínima condição de segurança aos alunos. No menor problema, ele vai para a manutenção e só volta a circular após ter a garantia de as crianças serão transportadas em total segurança”, explica Edinaldo Teixeira, diretor do Núcleo de Transporte Escolar da Semed (Secretaria Municipal de Educação).

Edinaldo diz que somente a frota própria municipal transporta diariamente cerca de 900 alunos para unidades escolares dos distritos e da zona rural. São estudantes da área rural que estão no ensino básico, tanto das escolas municipais quanto estaduais; alunos dos distritos, universitários e cursos técnicos.

Os veículos percorrem, em média, 11 mil quilômetros por dia para atender aproximadamente 70 linhas distribuídas em todo o município. Há ainda o serviço prestado pelas terceirizadas.

O diretor explica ainda que os ônibus passam por vistoria do Detran duas vezes ao ano e também recebem limpeza em lava-rápido próprio, diariamente, e são lubrificados a cada duas semanas. “Por conta dessa dedicação os pais podem ficar tranquilos que seus filhos são transportados em segurança, como quer a prefeita Délia”, diz Edinaldo.

“Sem dúvida alguma, durante os seis anos em que estou à frente deste setor é a primeira vez que vejo um sistema de transporte escolar com a estrutura que tem hoje”, completa.

A atual administração também investiu no cuidado com esses ônibus, garantindo que eles fiquem protegidos do sol e chuva quando não estão em uso. A frota fica em garagem coberta, o que auxilia muito na qualidade do funcionamento, já que existe todo um sistema eletrônico nestes veículos que precisam ser preservados.