Denize Portolann
Denize está presa em Rio Brilhante. (Foto: Adilson Domingos)

A vereadora afastada Denize Portolann de Moura Martins (PR), que está presa desde o dia 31 de outubro acusada de envolvimento em um suposto esquema de fraude em licitação na prefeitura de Dourados, pediu para que seja revogada a licença dela e mesmo estando na cadeia possa voltar ao cargo de vereadora. Ela encaminhou o pedido à Câmara Municipal de Dourados neste sábado (8).

De acordo com o documento que foi encaminhado por Denize, que está presa em uma das celas do Estabelecimento Penal Feminino de Rio Brilhante, ela pede que a vereadora Daniela Hall revogue o pedido de licença, que foi encaminhado ao legislativo douradense dias após ela ser presa. Ela pedia ainda que pudesse voltar a receber o salário de vereadora.

O pedido foi negado pela Câmara Municipal, pois segundo decisão do Juiz José Domingues Filho, da 6ª Vara Civil de Dourados, Denize foi afastada e está proibida exercer qualquer ato ou função cargo público até o julgamento final da ação principal.