Pelo menos três vereadores foram presos na tarde desta quarta-feira por homens do Ministério Público Estadual em Dourados. Acompanhado de policiais civis do 2º Distrito Policial os investigadores estão cumprindo Mandados de Buscas e Apreensão no prédio da Câmara de Vereadores e o acesso ao local está restrito.

De acordo com as primeiras informações foram presos os vereadores Idenor Machado (PSDB), Cirilo Ramão (MDB) e Pedro Pepa (DEM) e o servidor Amilton Salinas, que trabalha na Câmara de Vereadores também foi preso.

Segundo relatos de pessoas que acompanham a ação, a operação investiga suposto de esquema de corrupção envolvendo o setor de Tecnologia da Informação da Câmara de Vereadores de Dourados.

Os acusados aditavam e prorrogavam contratos em troca de propina. Os três foram presos porque teriam iniciado o esquema na gestão passada e continuaram operando nesta gestão.