Nos dias 28, 29 e 30 de junho acontece a Celebração Sara Nossa Terra em Mato Grosso do Sul. O evento será realizado em Campo Grande, capital do Estado, e a coordenação da Grande Dourados se prepara com expectativa para os dias de adoração e fé.

Segundo o bispo Marcos Vitor, coordenador geral de 13 cidades, aproximadamente 500 inscrições já foram confirmadas e devem mobilizar uma caravana de 10 ônibus rumo à Capital.

Ele destacou que as celebrações são sempre um grande marco às igrejas. Ele analisa que, unir as congregações e viver momentos de comunhão com a liderança internacional, contribui para fortalecer a missão da igreja e alinhar seus membros com a visão e as estratégias que dão base ao ministério.

“A expectativa é muito grande. Pelo menos uma vez no ano toda Sara Nossa Terra em Mato Grosso do Sul se reúne com a nossa liderança internacional: com nossos bispos, pastores, profetas. É um tempo muito especial de força, renovação, muitas palavras e direção de Deus através dos nossos líderes”, comenta.

Marcos Vitor destacou que as celebrações também servem como oportunidade para uma semeadura sobrenatural. “É também um momento para que todos os líderes, pastores, e membros possam levar suas ofertas missionárias, algo direcionado ao crescimento e expansão do Reino de Deus. É um momento muito profético de unidade, oração, louvor e comunhão. Nesses movimentos somos fortificados em fé, e assim recebemos as promessas de Deus para nosso povo, para nossa região”, disse.

As cidades que compõem a região da Grande Dourados são: Itaquiraí, Naviraí, Juti, Fátima do Sul, Caarapó, Rio Brilhante, Mundo Novo, Itaporã, Nova Alvorada do Sul, Dourados, Jardim, Porto Murtinho e Aroeira. Essa cobertura conta com mais de 200 líderes e 40 pastores.

A CELEBRAÇÃO

A Celebração Sara Nossa Terra deste ano tem como tema “Construindo pelo Olhos da Fé”, fruto da unção liberada para o ano de 2019: ‘O ano da determinação profética’.

O evento em Campo Grande contará com ministrações dos bispos Robson e Lúcia Rodovalho, Lucas e Priscila Cunha, Cirino e Vânia Ferro, Antônio e Rose Toneti, além das oficinas e workshops com pastores e bispos auxiliares.

O louvor ficará por conta de Hélio Borges, Arena Louvor e Banda Morada.