Mato Grosso do Sul sedia 3ª edição do Fórum Brasileiro de Agricultura Sustentável – A Evolução Verde, que acontece de 5 a 7 de agosto, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. As inscrições estão abertas, sendo que apenas o 3º lote está disponível. Durante os três dias do evento, haverá palestras sobre como aplicar a sustentabilidade no agro, sob a ótica do tripé ambiental, econômico e social.

O 3º Fórum Brasileiro de Agricultura Sustentável é realizado pelo GAS (Grupo Agricultura Sustentável), entidade busca fomentar uma nova agricultura no Brasil em resposta à crescente demanda mundial pela produção de alimentos de forma sustentável. Apesar do clamor ecológico, durante o evento, os agricultores vão verificar como este sistema também pode gerar economia.

Sobre esta questão, o presidente do GAS, Rogério Vian, afirma que a redução de custos pode chegar a 50%. “Nós pensamos que a agricultura precisa ser feita regionalmente, esse sistema de agricultura industrial, com insumos importados, está na hora de mudar. A agricultura está mudando, custos subindo. Como agricultores, nós precisamos de insumos regionais, temos isso no Brasil”. Ele reitera que “A sustentabilidade começa pela econômica”.

As duas primeiras edições do Fórum aconteceram em Mineiros e Goiânia, ambas no Estado de Goiás, cada uma com cerca de 500 participantes, entre eles agricultores, pesquisadores e empresários. Rogério Zart, coordenador do GAS em Mato Grosso do Sul, conta que no ano passado, diante da grande procura, as inscrições tiveram de ser encerradas devido à falta de espaço. Neste ano, o grupo decidiu trazer o evento para Campo Grande. “Temos verificado o grande número de produtores do Mato Grosso do Sul que estão aderindo ao sistema de agricultura sustentável. É significativo em relação aos outros estados”, justifica Zart, que também é produtor. Outro motivo para a escolha da capital sul-mato-grossense é a posição geográfica estratégica.A organização do evento espera ultrapassar o número de participantes dos dois eventos anteriores, com a presença de produtores rurais, empresários, consultores, pesquisadores e profissionais do agronegócio de todo o Brasil e até do exterior.

A programação conta com palestras de assuntos diversos voltados à sustentabilidade, como fertilidade com agrominerais regionais, microbiologia para controle de pragas e doenças, mix de plantas de cobertura, melhoramento genético, custos de produção e potencialidades do mercado de produtos sustentáveis, homeopatia na agricultura, relações entre solo, qualidade dos alimentos e saúde, entre outros. O conteúdo será ministrado por pesquisadores de universidades renomadas, institutos de pesquisa e agricultores. Consulte a programação abaixo.“A programação está bem elaborada, com palestras e mini cursos para quem está iniciando o processo de agricultura sustentável, baseando principalmente nas questões de biológicos, priorizando a aplicação do sistema de multiplicação on farm, na própria fazenda”, detalha Zart. Ele frisa a técnica de rochagem, que é a aplicação de pó de rocha para mineralização natural do solo. Além disso, o produtor destaca a utilização de plantas de cobertura para a formação de palhada, com objetivo de construir perfil de solo.

Clique aqui (http://grupoagrisustentavel.com.br/inscricoes/) para se inscrever. Saiba mais sobre o evento no site www.grupoagrisustentavel.com.br.

Programação

Segunda-feira, 05 de agosto12h30-13h30 – Credenciamento do Minicurso13h30-15h30 – Painel: Adubação com pó de rocha, com os integrantes do GAS Antônio Bizão, Antônio Lodo e Flávio Faedo15h30-16h00 – Coffee Break16h00-18h00 – Painel: Controle Biológico de Pragas e Doenças e Multiplicação “On Farm”, com os integrantes do GAS Felipe Loeff, Gino Margotto, Martin Simeon e Reginaldo Mensch.17h30-19h00 – Credenciamento do Fórum19h00-20h00 – Abertura Oficial20h00-21h30 – Palestra: O Modelo da Agricultura Sempre-Verde, com Ruy Caldas (UFMS)21h30-00h00 – Coquetel

Terça-feira, 6 de agosto 08h30-09h45 – Palestra: Pó de Rocha para Grandes Culturas: Interações Microbiológicas e seus Impactos na Produtividade, com Carlos Crusciol (Unesp)09h45-10h15 – Coffee Break10h15-11h30 – Palestra: Leite Materno do Solo, com Sebastião Pinhiero (UFRGS)12h30-14-00 – Almoço e Sessão de Pôsteres14h00-15-00 – Palestra: Estratégias do Melhoramento Genético Participativo para Sistemas de Produção Sustentável, com Altair Machado (Embrapa)15h00-16h45 – Coffee Break16h45-18h00 – Palestra: Manejo das Micro Biodiversidades para Controle de Doenças e Pragas de Plantas, com Celso Tomita (Tomita AgroÖikos)18h00-19h30 – Mesa-redonda19h30 – Encerramento do 2º dia

Quarta-feira, 7 de agosto08h00-09h15 – Palestra: Fundamentos da Gestão de Custos de Produção na Agricultura Sustentável, com Antonio Chaker (Inttegra)09h15-10h30 – Palestra: Mercado para Produtos Sustentáveis e Diferenciados: Onde Estão e Onde Estou?, com Eduardo Pastos (AIPC) e Artur Tacla (Corall Consultoria)10h30-11h00 – Coffee Break11h00-11h45 – Palestra: A Experiência da Korin na Consolidação do Mercado de Produtos Sustentáveis, com Luiz Carlos Demattê Filho (Korin)11h45-12h45 – Mesa-Redonda12h45-14h15 – Almoço e Sessão de Pôsteres14h15-15h30 – Palestra: Revitalização de Solos de Soja, Milho e Trigo com o Método Agrohomeopático, com Tadko Tichavský (Instituto Comenius)15h30-16h00 – Coffee Break16h00-17h15 – Solo X Qualidade do Alimento X Saúde, com Carin Primavesi (Agroecologista e nutricionista funcional)17h15-18-15 – Mesa-Redonda18h15 – Encerramento do Fórum