Foto: Gleiber Nascimento

Nesta segunda-feira (27), às 8h, o Sindicato Rural de Dourados realiza mais uma reunião para tratar sobre o grave problema das invasões de terras por indígenas, que a cidade enfrenta. São esperadas diversas autoridades, entidades, produtores rurais e veículos da imprensa.

Segundo o presidente do Sindicato, Lúcio Damália, o encontro é uma continuidade do trabalho que órgão vem fazendo para apoiar os produtores. “O agronegócio está vivendo um momento muito preocupante em Dourados e região, com graves conflitos de terras envolvendo produtores rurais e indígenas, decorrente de invasões de propriedades por meio da violência e ameaça. A prática desse crime está trazendo muitos riscos à população douradense e principalmente para a economia local. Agora, o nosso objetivo é dar os devidos encaminhamentos junto às autoridades”, explicou.

No último dia 6, o Sindicato recebeu o secretário especial de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura Luiz Antônio Nabhan Garcia e dezenas de produtores rurais com terras invadidas em Dourados e região, quando o representante do Governo Federal ouviu e registrou a situação de cada conflito.

Na ocasião, Nabhan garantiu que encaminharia os relatos ao presidente da República, Jair Bolsonaro, e ao Ministério da Justiça para que medidas fossem tomadas com o objetivo de garantir o direito de propriedade e o fim do problema. Também participaram da reunião o presidente em exercício da FUNAI, Dr. Alci Teixeira, e representantes da Polícia Federal, Força Nacional, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Famasul, e do Poder Legislativo Estadual.

Entre os encaminhamentos da última reunião, estão a instalação de uma unidade da Força Nacional em Dourados e também o início de uma missão de Garantia da Lei e da Ordem – GLO no Estado. As missões de GLO são realizadas exclusivamente por ordem expressa da Presidência da República e ocorrem nos casos em que há o esgotamento das forças tradicionais de segurança pública, em graves situações de perturbação da ordem.

A reunião desta segunda-feira também objetiva apresentar um diagnóstico dos conflitos no município, elaborado pelo Sindicato Rural, e ainda atualizar os produtores e a sociedade sobre os encaminhamentos que estão sendo tomados pelas autoridades.

Em Mato Grosso do Sul, atualmente 144 propriedades rurais estão invadidas e o problema aumenta a cada dia, necessitando de medidas emergenciais.

O Sindicato Rural de Dourados está localizado no Parque de Exposições João Humberto de Andrade Carvalho, na Rua Valério Fabiano, número 100, no Jardim Alhambra. Mais informações podem ser obtidas no telefone (67) 3424-6686.