Assistência Social discute rumo em Dourados durante conferência

-

Conferência teve abertura no Teatro Municipal. Foto: Chico Leite
Conferência teve abertura no Teatro Municipal. Foto: Chico Leite

A 11ª Conferência Municipal de Assistência Social realizada pela Prefeitura de Dourados com o tema “Consolidar o Suas de Vez Rumo a 2026” reuniu centenas de pessoas na semana passada. Durante a realização, foram discutidos os avanços que já aconteceram e realizado o planejamento do setor para a próxima década.

O evento foi aberto na noite de quarta-feira, dia 8, no Teatro Municipal de Dourados com a presença de 300 pessoas. Entre as autoridades, prestigiaram a abertura os vereadores Idenor Machado, Sergio Nogueira, Elias Ishy e o deputado estadual João Grandão.

Na ocasião, o prefeito Murilo destacou os avanços que a política da Assistência Social teve durante sua administração, com a melhoria nos serviços, adequação dos espaços para atendimento digno ao cidadão, veículos para as instituições da área. Lembrou ainda que sua administração presa pelo lado humano, pela proteção social das pessoas.

Todos acompanharam a encenação da peça teatral que retratou a trajetória da Assistência Social no Brasil. A apresentação foi feita pelo Grupo Oca (Organização Cultural e Artística de Dourados), que nasceu a partir de um movimento iniciado no curso de Artes Cênicas da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) com o propósito de fomentar a cultura no município.

Além de atores profissionais, a apresentação ainda contou com a participação de usuários do Cras (Centro de Referência em Assistência Social) da Vila Cachoeirinha. O teatro se destacou pela criatividade e qualidade da apresentação, sendo aplaudido em pé pelos presentes.

DEBATES

Nesta quinta-feira, dia 9, a Conferência seguiu com o debate da temática, iniciando com a palestra “Pacto Republicano no Suas rumo a 2026: O Suas que temos e o Suas que queremos”, ministrada pela mestre em Serviço Social, Valdete de Barros Martins. Ela trabalhou um dos três eixos temáticos, com o tema “O Pacto Federativo e a Consolidação do Suas”.

O eixo “O enfrentamento das situações de desproteções sociais e a cobertura dos serviços, programas, projetos, benefícios e transferência de renda nos territórios” foi trabalhado pela secretária de Assistência Social, Ledi Ferla; e o eixo “Fortalecimento da participação e do controle social para a gestão democrática”, pela representante da secretária de Saúde no Conselho Municipal de Assistência Social, Cristiane Sanches Sisto.

Foram 260 pessoas participando ativamente dos debates que duraram o dia todo. Após a discussões, foram elaboradas as propostas. Também foram eleitos oito delegados (quatro da sociedade civil e quatro representantes governamentais) que vão representar o município na Conferência Estadual de Assistência Social deste ano.

“A Conferência é um espaço importante para avaliar o que já existe e avançar na política, estabelecer o que pensamos em propostas para avançar nestes 10 anos”, afirmou Ledi. As propostas estão contidas no Plano Decenal.

plugins premium WordPress