Coronel David consegue ampliar o prazo de validade do concurso da Agepen para 2022

-

O deputado estadual Coronel David (sem partido) conseguiu garantir a ampliação do prazo de validade do concurso da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) até março de 2022. A informação foi confirmada pelo parlamentar nesta terça-feira (1º), após reunião realizada na Segov (Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica), com o titular da pasta, secretário Eduardo Riedel.

Conforme o deputado, os remanescentes tinham dois objetivos com a reunião de hoje: prorrogar o prazo de validade do concurso lançado em 2015 e dar início a um novo curso de formação. “Conseguimos junto ao Governo que houvesse a suspensão do prazo do concurso não só da Agepen, quanto da PM e dos Bombeiros por conta da pandemia do novo coronavírus”, comemorou o parlamentar. A validade do concurso antes prevista para março de 2021 agora vale até 2022.

Coronel David adiantou ainda que o Governo já sinalizou a possibilidade da realização do novo curso de formação até 2022. “Diante do cenário que estamos vivendo hoje a prorrogação da validade foi um avanço muito grande nas tratativas com o Governo”, completou.

Durante a reunião, que teve a participação do titular da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sejusp), Antônio Carlos Videira, representantes dos remanescentes do concurso da Agepen e deputados Zé Teixeira (DEM) e José Carlos Barbosa, o Barbosinha (DEM), Coronel David parabenizou a atitude do Governo do Estado em convocar mais candidatos que o previsto em edital.

Com 30 anos de atuação na Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, o ex-comandante-geral da Polícia Militar, Coronel David disse ter sido esta a primeira vez que presencia o Governo do Estado convocar mais candidatos que o previsto em edital.

“Nossa luta com os deputados é mostrar para o Governo que financeiramente, tecnicamente e profissionalmente falando é melhor que nós aproveitemos os candidatos já aprovados para evitar aquela burocracia de um novo concurso público”, declarou Coronel David, considerado por todos os remanescentes um verdadeiro aliado. Uma das representantes dos remanescentes, Juliana Abdo enfatiza que o deputado atua em favor dos candidatos há muito tempo. “Só tenho a agradecer o Coronel David porque desde o início da nossa luta ele nos acompanhou. É uma pessoa muito atenciosa, nos recebeu muito bem. Ele representa muito para os remanescentes até mesmo a questão da receptividade dele. Ele responde a todos que mandam mensagem para ele. Está sempre presente, sempre atuando. Ele é muito importante na nossa luta. Fez uma promessa que estaria nos acompanhando e está cumprindo desde sempre”, disse.

Em agosto deste ano, o Coronel David encaminhou solicitação urgente ao Governo do Estado, Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sejusp) e Secretaria de Administração e Desburocratização de Mato Grosso do Sul (SAD) para suspender o prazo de validade do certame e evitar prejuízos aos candidatos em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Após os esforços do deputado o pedido foi atendido.

No mês anterior, o deputado estadual participou de reunião com o governador Azambuja e reforçou a necessidade da convocação dos aprovados para reforçar a Segurança Pública.

O governador atendeu ao pedido do Coronel David e nomeou os remanescentes da Agepen para atuar nos diversos presídios de Mato Grosso do Sul.

A ponte entre Coronel David e o Governo do Estado foi fundamental para garantir cinco nomeações de turmas até o momento. Ao todo, foram nomeados 858 novos servidores penitenciários, entre abril de 2017 e 2020. O número extrapola a oferta de vagas prevista na ocasião da abertura do edital, de 438.

VEJA TAMBEM