PF apreende dinheiro, vale-combustível e anotações na casa de candidato

-

Polícia cumpriu mandados de busca e apreensão na casa do candidato. (Foto: Rafael Coca/MS em Foco)
Polícia cumpriu mandados de busca e apreensão na casa do candidato. (Foto: Rafael Coca/MS em Foco)

O juiz da 43ª Zona Eleitoral, Jonas Hass da Silva Junior, atendendo pedido dos promotores eleitorais, Luiz Gustavo Camacho Terçariol (18ª Zona), Ricardo Rotunno (43ª Zona) e Juliano Albuquerque (em substituição), em razão da demonstração de indícios de prática de corrupção eleitoral e captação ilícita de financiamento de campanha, deferiu seis mandados de busca e apreensão.

Foram cumpridos na tarde desta quarta-feira (28), mandados na casa do candidato a vereador Jânio Miguel, do Partido da República, em duas residências de apoiadores do candidato, em uma empresa que comercializa erva mate, que supostamente estaria financiando a campanha, e em dois para postos de combustíveis.

Os mandados foram cumpridos pela Polícia Federal, com o apoio do Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Militar.

Na ação foram apreendidos uma quantidade expressiva de tickets de combustíveis, dinheiro, documentos contendo anotações ligados ao ilícito investigado, mídia contendo imagens dos postos de combustíveis, além de computadores e celulares. Na empresa, ainda, foram apreendidas duas armas e munições.

Nesta quinta-feira (29) a Polícia Federal iniciou as pericias dos materiais apreendidos. Os Promotores Eleitorais vão verificar a farta documentação apreendida, e devem tomar as medidas judiciais cabíveis em relação aos ilícitos eleitorais verificados.

Foram feitas buscas em uma empresa que comercializa erva mate. (Foto: Rafael Coca/MS em Foco)
Foram feitas buscas em uma empresa que comercializa erva mate. (Foto: Rafael Coca/MS em Foco)
plugins premium WordPress