A residência de Sérgio Henrique foi um dos alvos da Operação do GAECO.(Foto: Adalberto Domingos)

O Diário Oficial de Dourados desta sexta-feira (17) trouxe também a demissão do o procurador-geral do município, Sérgio Henrique Pereira Martins de Araújo. Em outro decreto a prefeita Délia Razuk (PTB) também tinha exonerado a pedido o secretário de Fazenda, Carlos Francisco Dobes Vieira.

Os dois estavam afastados dos cargos por 90 dias por uma decisão judicial, ao lado de outros envolvidos na investigação do Ministério Público Estadual chegou a ser pedida pelo Ministério Público Estadual, mas foi negada pelo juiz da 2ª Vara Criminal de Dourados, Marcus Vinicius de Oliveira Elias.

Sérgio Henrique foi preso durante as buscas e apreensões realizadas na casa dele onde algumas munições de calibre 38 foram encontradas. Ele foi levado para a Polícia Civil, autuado e liberado mediante o pagamento de fiança.

Os dois foram alvos da Operação Contágio do Ministério Público Estadual, que investiga o possível desvio de dinheiro público destinado ao combate do Covid 19 em Dourados, realizada nesta quarta-feira (15)

A procuradora-geral adjunta Tayla Campos Weschenfelder, está respondendo interinamente pelo cargo no lugar de Sérgio Henrique.