UNIGRAN é parceira da Campanha do Agasalho e disponibiliza pontos de coleta

-

A UNIGRAN é parceira da Campanha do Agasalho ‘Inverno Solidário’ e toda a comunidade acadêmica pode doar nos pontos de coleta instalados pela Instituição. A campanha está sendo realizada por cerca de 23 empresas e organizações parceiras e promovida pela Agência de Habitação – Agehab – da Prefeitura de Dourados.

Até o dia 30 de junho, alunos, professores e colaboradores podem doar cobertores, agasalhos, calçados e roupas de frio, que serão destinados às comunidades carentes cadastradas na Agehab. Entre as peças solicitadas pela organização da campanha estão toucas, luvas, blusas, jaquetas, cachecóis, calças e cobertores, em bom estado de conservação.

“A UNIGRAN já nasceu com uma sólida responsabilidade social, então é de praxe ela realizar e apoiar ações sociais tanto para a comunidade interna, como principalmente a externa, que é a que mais necessita. Participar da Campanha do Agasalho é muito importante, principalmente no momento atual de pandemia, quando infelizmente muitas pessoas perderam o emprego e, consequentemente, mais famílias estão com dificuldades de sobreviver. Por isso, vamos intensificar ainda mais a nossa participação para ajudar quem precisa durante o inverno, e para isso, convidamos nossos colaboradores, docentes e alunos para colaborar com a campanha, separando aquele cobertor, roupa ou calçado que não utiliza mais e doar, demonstrando todo o nosso calor humano”, disse a professora Rosa Maria D’Amato De Déa, reitora da UNIGRAN.

Uma das novidades da Campanha do Agasalho deste ano é o ‘Delivery do Agasalho’. Quem não puder levar os agasalhos até um ponto de coleta pode solicitar a retirada da doação pelo WhatsApp (67) 8468-8918.

Dezenas de pontos de coleta foram instalados pela cidade e a expectativa dos organizadores da campanha é que sejam arrecadados em torno de 500 quilos de agasalhos, cobertores e afins. Todas as doações serão devidamente higienizadas antes de serem entregues à população carente, para evitar o contágio de doenças durante a manipulação das peças, principalmente a Covid-19.

Mais informações podem ser obtidas na Agehab ou pelo telefone (67) 98468-8918.

VEJA TAMBEM