Artesã Zilá Beraldo e a filha Marcela Pereira, gerente do Galpão das Artes. (Foto: Assessoria Aced)

A arte de moldar o barro está no sangue há gerações na família da artesã Zilá Beraldo. Há seis anos, a arte produzida por ela e por integrantes da família é vendida no Galpão das Artes Guaicurus, em Dourados. O trabalho sempre voltado para o reaproveitamento, reutilização e valorização do que é orgânico e natural estará na 12ª Exposhopping – “Plantas, Flores e Sustentabilidade”, realizada pela Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados).

Para a exposição, o Galpão das Artes Guaicurus vai levar vasos de diferentes tamanhos, valores e materiais, como cerâmica natural e esmaltada, e até peças com pintura fria arte dominada pela família. Peças confeccionadas em madeira de demolição como bancos e mesas também serão levados para a Exposhopping, assim como obras de Marlon Beraldo, artista plástico conhecido nacionalmente e filho de Zilá.

“Muitas vezes as pessoas pensam que esse trabalho vem de fora, mas tem muita coisa feita aqui em Dourados. Toda cerâmica é feita por nossa família há gerações, como meu irmão o mestre Cilso. Nascemos e nos criamos dentro da cerâmica”, ressalta Zilá.

Parte das vendas do estande do Galpão das Artes será revertida ao Hospital de Amor de Barretos, que tem uma comissão municipal que busca viabilizar uma unidade de diagnóstico avançado da instituição na cidade. “Temos boas expectativas com a Exposhopping, nosso trabalho com argila será conhecido aqui em Dourados e ainda tem essa questão de ajudar na arrecadação para o Hospital”, lembra Marcela Pereira, gerente do Galpão e filha de Zilá.

A 12ª Exposhopping será de 11 a 20 de maio, durante a 54º Expoagro. A Aced realiza o evento em parceria com a Dourahidra, Faems, Família Meurer, Hospital de Amor de Barretos, Purific, Sicredi, OCA Ambiental, Prefeitura de Dourados, Semagro Governo do Estado, Sebrae/MS, Senac/MS, Senar/MS, Sicredi, Sindicato Rural, Taurus e Unigran.