Grupo Pigmalião Escultura que Mexe oferece oficina de construção e manipulação de marionetes em Dourados

-

A Residência Artística que será realizada no Casulo Espaço de Cultura e Arte entre os dias 14 e 19 de fevereiro de 2022 terá a presença e a participação do Coletivo Pigmalião Escultura que Mexe. A programação inclui três oficinas voltadas para o teatro de bonecos, além da apresentação do espetáculo de marionete de fio “Seu Geraldo Voz e Violão”. 

O projeto conta com o apoio do Fundo de Investimentos Culturais (FIC), via Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. As inscrições para as oficinas estão abertas a partir desta sexta-feira, dia 14 de janeiro. As vagas são limitadas e a participação é gratuita. Como o evento será realizado presencialmente, serão adotados todos os protocolos de biossegurança. Portanto, ao efetuar a inscrição, será necessário apresentar comprovante de vacinação contra Covid, com pelo menos duas doses.

Oficinas

As oficinas oferecidas durante a Residência Artística serão: 

A construção de Pigmalião – 14 a 18 de fevereiro, das 8h30 às 12h30: Segundo a mitologia grega, Pigmalião amava tanto uma de suas esculturas que os deuses decidiram dar vida à sua criação.  Como ele, o bonequeiro busca construir seus bonecos para que eles ganhem vida. Nesta oficina os alunos irão construir juntos um boneco completo em proporções naturais, usando técnicas elaboradas de articulação, essenciais para criar a ilusão de que os bonecos possuem vida própria.

A Representação do Movimento na Marionete – 14 a 17 de fevereiro, das 14h30 às 18h30: Nesta oficina, o Pigmalião compartilhará suas técnicas de manipulação direta organizadas em cinco conceitos-chaves: peso e contrapeso, foco, gestos essenciais, economia e triangulação. Por meio de exercícios e práticas de criação, os alunos serão estimulados a observar e representar diferentes formas de movimento que podem ser aplicadas nas diversas técnicas de manipulação.

A Relação entre o Ator e o Boneco – 18 de fevereiro, das 8h30 às 12h30 e das 14h30 às 18h30: Esta oficina conduz à investigação das relações possíveis entre o ator-manipulador e o boneco manipulado. O Pigmalião Escultura que Mexe exercita a sensibilização de seus atores através da relação direta com o boneco, conectando-os física, sensível e simbolicamente. O que o ator deve fazer para aparecer ou desaparecer na presença de um boneco?  Como se portar? Os alunos serão estimulados à criação de cenas em que boneco e manipulador coexistem na representação.

As inscrições podem ser feitas por meio do link https://abre.ai/dK0r

Residência artística com o grupo mineiro será realizada em fevereiro e as inscrições estão abertas a partir do dia 14 de janeiro.(Foto: Diego Sá)