Fábricas terão capacidade degerar mais de 300 empregos diretos em Dourados. (Foto:Chico Ribeiro)

O governador Reinaldo Azambuja, o vice Murilo Zauith e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina Corrêa da Costa, participam nesta segunda-feira (25), às 9h, da inauguração do complexo industrial da Coamo, em Dourados. As indústrias de processamento e refino de soja vão agregar valor à produção de Mato Grosso do Sul e garantir a geração de 300 empregos direitos. O investimento foi de R$ 750 milhões.

O complexo terá capacidade de processamento de 3 mil toneladas de soja por dia e de refino de 720 toneladas de óleo de soja/dia. Serão produzidas 11 milhões de caixas de óleo refinado por ano, o que dá uma média de 8,5 garrafas por segundo.

Uma das metas da cooperativa com a nova planta é facilitar a chegada de produtos com sua marca até clientes finais de estados do Centro-Oeste e Sudeste. A Cooperativa Agroindustrial conta com instalações em três estados – Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul – e tem um quadro de oito mil funcionários