Os feirantes participaram da primeira reunião para definir os rumos da Feira Central de Dourados. (Foto: A.Frota/Assecom)

A Prefeitura de Dourados iniciou na manhã desta segunda-feira (20) as conversações com os feirantes da Feira Central “João Totó Câmara” sobre a lei aprovada em dezembro e que regulamenta a atividades de feirantes no município, e a melhoria do espaço mais tradicional de comércio popular do município.

Organizada pela Secretaria Municipal de Agricultura Familiar (Semaf), a reunião foi o primeiro passo para a reorganização da feira através do processo de realocação dos feirantes nos novos espaços que foram criados com a cobertura de uma área de dois mil metros quadrados.

O secretário Junior Bittencourt afirmou que durante a reunião, realizada no auditório do Centro Administrativo Municipal, os feirantes conheceram a nova lei aprovada pela Câmara de Vereadores que regulamenta a atividade após 50 anos de incertezas e insegurança jurídica.

“Um compromisso assumido e cumprido pela prefeita Délia Razuk, de organizar, regulamentar as feiras, e decidir tudo de forma democrática. Desta forma os feirantes sempre poderão participar de todo o processo de decisão sobre os rumos da mais antiga feira livre de Dourados”, disse o secretário.

Uma das propostas apresentada aos feirantes pela Semaf é a criação de uma associação dos feirantes para que possa ser estabelecido um diálogo institucional entre a Prefeitura e os comerciantes.

“Com a criação de uma entidade representativa os feirantes ficarão mais fortes em suas reivindicações e na administração da Feira Central para, juntos, solucionarmos problemas e consolidarmos o grande complexo feira num ambiente das famílias douradense e economicamente sustentável”, explicou Bittencourt.

Já ficou marcada uma segunda reunião para o dia 2 de março, às 9h, para que todos possam decidir democraticamente, no voto, como a nova área coberta será ocupada, disse o secretário ao lembrar que as obras que estão sendo desenvolvidas na Feira Central vão proporcionar mais segurança e comodidade para feirantes e todos os usuários do espaço.