Supermercado localizado na rua Jerônimo Pires de Albuquerque, no bairro Nova Lima, foi flagrada por equipe de fiscalização da Superintendência par a Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, órgão integrante da Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast, expondo para venda 120 itens sem condições de consumo por estarem com prazo de validade expirado, não conterem informações essenciais ou terem embalagens violadas ou rompidas.

Foram encontrados pelas fiscais do Procon Estadual, entre os produtos com validade expirada, 35 unidades de queijo (cheddar, prato, mozzarella), 11 de paio defumado, 19 garrafas de água mineral, 8 yakissoba, linguiça calabresa, requeijão cremoso, geleia, pães diversos e ração canina. Todos esses produtos foram inutilizados e descartados em presença da fiscalização de forma a não terem condições de voltarem às prateleiras.Também impróprios ao consumo, por não conterem informações essenciais, estavam expostos milho em conserva (19 unidades), cerveja e ração canina. Com embalagens violadas foram encontradas exemplares de geleia, pão francês e suco de limão. Por ocasião da autuação do supermercado, que faz parte de uma rede local, a equipe do Procon/MS liberou várias informações a respeito da legislação vigente com objetivo do empreendimento não voltar a cometer infrações e deu prazo aos responsáveis para apresentarem defesa.