Houve aumento de 7,9% no preço das flores em relação à pesquisa realizada em maio do ano passado. (Foto: Arquivo)

A Prefeitura de Dourados, por meio do Setor de Fiscalização do Procon, realizou nos dias 06 e 07 (quarta e quinta), pesquisa de preços de flores para o dia das mães.  No total foram pesquisados 17 itens em sete estabelecimentos comercias da cidade.

Os produtos com maior variação entre os itens pesquisados foram o Kalanchoe Grande (275%), a Azaléia (120%) e a Gerbera (120%), em relação ao menor e maior preço encontrado.

Dos produtos pesquisados, seis foram encontrados a venda em todos os estabelecimentos pesquisados, apresentando uma variação de 39,6% do estabelecimento com menor preço para o estabelecimento com maior preço.

Constatou-se que em relação à pesquisa realizada em maio de 2019 houve aumento de 7,9% no preços das flores.

De acordo com o diretor administrativo do Procon, Antonio Marcos Marques, é importante que se visite mais de um estabelecimento para comprar as flores. “Os consumidores que seguirem a pesquisa poderão pagar até duas vezes menos. Sempre é recomendável pesquisar preço, tipo da flor e do arranjo antes de escolher, pois dependendo do material utilizado o preço poderá ter alterações consideráveis”, diz.

Orienta ainda que para a entrega em outros locais/ municípios, o consumidor deve pedir informação e não deixar de verificar o valor do frete. “Tudo deve ser feito por escrito: tipo de flores ou arranjo, horário, local e mensagem”. Diz ainda que é recomendável que se solicite confirmação da entrega e se exija nota fiscal ou recibo. “Não se esqueça de confirmar se a pessoa recebeu tudo, e reclame caso haja divergência entre a encomenda e a entrega”, alerta o diretor.