Projeto Fazendinha terá stands na Expoagro para receber estudantes

-

O Projeto Fazendinha terá stands abertos para receber produtores rurais, acadêmicos e estudantes das escolas públicas durante a 56ª Expoagro, que acontece entre os dias 13 a 22 de maio, no Parque de Exposições João Humberto Carvalho, em Dourados.

As oficinas são voltadas aos produtores rurais das mais diversas áreas, e tem como objetivo levar capacitação e aprimoramento de produção.

Com a expectativa de receber até 1.500 produtores nos dez dias da maior feira de agronegócio de Mato Grosso do Sul, o Projeto Fazendinha vai ofertar oficinas de piscicultura (montagem de tanque elevado), ovinos (criação e manejo), apicultura (apresentação de equipamentos), além de uma vitrine de tecnologia de hortifrúti.

Quanto à visitação de estudantes, cada escola deve procurar o Sindicato Rural de Dourados e encaminhar um ofício para agendamento de visita.

Outra atração do Projeto, segundo o coordenador técnico do Sindicato Rural, Carlos Flores, é um trailer que funcionará como mini-indústria de leite.

“Muitos produtores já utilizam as tecnologias do Fazendinha em suas propriedades com grande êxito. A cada ano, nosso objetivo é aprimorar a produção e garantir que o produtor alcance índices ainda melhores em suas atividades”, ressalta Carlos.

O Projeto Fazendinha foi criado há mais de 20 anos e é uma parceria entre o Sindicato Rural, Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) e Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural).

Sobre a Expoagro

A Expoagro é a maior feira de agronegócio do Mato Grosso do Sul e está em sua 56ª edição. O evento, de 13 a 22 de maio no Parque de Exposições João Humberto de Andrade Carvalho, é uma realização do Sindicato Rural de Dourados e organização da Opa Marketing Digital. A 56ª Expoagro tem o patrocínio da Brahma e apoio do Governo de Mato Grosso do Sul, Prefeitura de Dourados, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Sicredi, Senar MS, São Bento Incorporadora e Unigran.

Siga a Expoagro nas redes sociais: @expoagrodouradosoficial e facebook.com/expoagrodouradosoficial.

Carlos Flores diz que muitos produtores já aplicam as técnicas do projeto em suas propriedades. (Foto: Divulgação)