O SIMTED ainda denunciou o fechamento de salas de aula e o atraso do salário dos profissionais da educação. (Foto:
SIMTED Dourados)

em Educação da Rede Municipal de Ensino de Dourados (MS) realizaram uma manifestação no Centro Administrativo Municipal (CAM), em dia de paralisação, na manhã desta segunda-feira (9).

A categoria protesta contra o fechamento de turmas de 8° e 9° anos da REME e contra mais um atraso de pagamento dos salários de parte dos educadores, já que o quinto dia útil foi na última sexta-feira (6). Os profissionais da educação ainda exigem o cumprimento da lei e pagamento do décimo terceiro salário em dia (até dia 20 de dezembro) e pagamento das férias em janeiro.

É o quinto mês seguido de descaso com a remuneração dos educadores, que vêm acumulando perdas e sofrendo desvalorização profissional ao longo da atual gestão. O governo municipal ainda não pagou o índice de 7,64% referente ao Piso Municipal de 2017.

O escalonamento do salário dos trabalhadores em educação não se justifica, já que o município de Dourados vem recebendo regularmente os recursos (dentre eles o FUNDEB) para serem aplicados na educação municipal, inclusive com aumento de receitas.

Fechamento de turmas

Também é preocupante a informação sobre fechamentos de salas de aula de 8° e 9° anos em escolas do município. Turmas de séries finais do ensino fundamental podem ser fechadas e os alunos terão que ser matriculados em outras escolas, mais precisamente em escolas da Rede Estadual.

A medida prejudica pais, mães, estudantes e trabalhadores em educação de várias escolas. O governo municipal – que, em toda a cidade, atende alunos da educação infantil até o 9° ano do ensino fundamental – estaria abrindo mão de receitas da educação, uma vez que, de acordo com a lei do FUNDEB, o recurso destinado para essa faixa etária de aluno é maior do que o recurso destinado ao aluno de faixa etária dos anos iniciais.

O SIMTED Dourados é terminantemente contrário ao fechamento de salas de aula ou escolas, sejam da Rede Estadual ou da Rede Municipal, independentemente de qualquer justificativa da administração pública.

Reunião com a prefeita

Durante o ato na Prefeitura de Dourados, o SIMTED protocolou um ofício no gabinete da prefeita solicitando uma reunião urgente, com a presença de Délia Razuk, já que as comissões de negociação e diretoria do SIMTED vêm sendo recebidos apenas por secretários que, nesse momento, não têm resolvido os problemas.

Uso da Tribuna Livre na Câmara

O presidente do SIMTED, Juliano Menghetti Mazzini, fará uso da Tribula Livre na noite desta segunda-feira (9), durante a sessão da Câmara Municipal de Dourados, para denunciar o fechamento de salas de aula e o atraso do salário dos profissionais da educação na Rede Municipal de Ensino.