Mato Grosso do Sul, no feminino e Paraíba, no masculino, conquistaram nesta quarta-feira (31.07) o título da segunda etapa do Circuito Brasileiro Sub-21 de vôlei de praia 2019, em Maringá (PR). Victória e Aninha (MS) repetiram o resultado da etapa anterior, quando também foram campeãs em Natal (RN) enquanto os gêmeos Renato e Rafael (PB) subiram ao topo do pódio pela primeira vez na temporada.

No feminino, a Campeã Mundial Sub-19, Victoria Lopes e sua parceira Aninha, representando o Mato Grosso do Sul, superaram na decisão as cariocas Carol Paiva e Mylena por 2 sets a 0 (21/13 e 21/13). Victoria comemorou mais um ouro.

“Estou muito feliz por mais esta oportunidade de ainda poder participar de competições de base. Eu consigo conciliar com os demais circuitos e ainda ajudar a Aninha a representar bem o nosso estado. É uma grande conquista para nós”, disse Victoria.

A medalha de bronze da etapa ficou com Karol/Carol (SE), que superaram Fernanda/Anna (BA) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/17).

O ouro da etapa também manteve o estado de Mato Grosso do Sul na liderança do ranking feminino que agora soma 400 pontos. Rio de Janeiro e Bahia estão empatados na segunda posição com 300 pontos e Sergipe tem 280, em terceiro. Os pontos são computados para a federação, que ao longo da temporada pode alterar os times convocados.

No naipe masculino, título para Renato e Rafael, que venceram na decisão André Danilo e Matheus (SE) por 2 sets a 0 (21/16, 21/17). A dupla paraibana venceu os cinco jogos que disputou.

A medalha de bronze ficou com os paranaenses Eudardo e Gabriel, que venceram Lucas e João Pedro (RJ). Após essa etapa, Sergipe continua liderando o ranking, agora com 380 pontos, seguido por Paraná, com 340 e Paraíba, com 320 pontos.

A próxima parada do Circuito sub-21 será apenas em setembro, entre os dias 19 e 22 em Vila Velha (ES). A temporada se encerra em Manaus (AM), na quarta etapa, que acontece entre os dias 3 e 6 de outubro.

Assim como ocorre no Circuito Brasileiro de vôlei de praia Sub-17 e Sub-19, o Sub-21 é um campeonato de seleções estaduais, com duplas representando a mesma federação. Cada estado indica suas delegações nos dois gêneros em busca do título, podendo alterar os times durante a temporada, mas sempre formando duplas do mesmo estado.

A equipe sul-mato-grossense conta com o apoio da Federação de Voleibol do MS (FVMS) e do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul pela Fundação de Desporto e Lazer (Fundesporte).