Foto: Chico Ribeiro/Subcom Governo MS
    A Unidade de Esporte de Participação e Lazer (Uepla) da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) atendeu 430.546 pessoas no ano passado, com a promoção de atividades de lazer, competições esportivas urbanas, de aventura e natureza. No total, foram 174 eventos em 46 municípios sul-mato-grossenses, de 9 de fevereiro a 15 de dezembro, em parceria com entidades governamentais e não-governamentais.

O chefe da Uepla, Rodrigo Barbosa de Miranda, afirma que 2019 ficou marcado como um ano de atendimentos inéditos em todas as regiões do Estado. “Além de realizarmos mais de 430 mil atendimentos, levamos o programa Lazer nas Cidades para diversos municípios, quilombos, aldeias indígenas e assentamentos. Desbravamos novos terrenos. O ano que passou nos mostrou que estamos no caminho certo e queremos fazer muito mais ações inéditas em 2020”.

Miranda ressalta que a Uepla está de acordo com a filosofia de gestão municipalista do governador Reinaldo Azambuja, em atender municípios de modo geral, de pequeno, médio e grande número populacional. “Não escolhemos cidade, horário e lugar. Se alguma entidade ou administração municipal solicita e é de benefício à população local, nós atendemos. O governador, como foi prefeito de município interior, além de presidir a Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), conhece a realidade de todos as cidades do Estado e sabe a importância dessas ações aos habitantes, a diferença que faz na vida da população”.

Um dos destaques do ano foi o atendimento ao Eco Pantanal Extremo – Jogos de Aventura, em Corumbá, entre os dias 15 e 17 de novembro de 2019. A competição reuniu atletas de canoagem, maratona aquática, stand up paddle, tiro prático, corrida de trilha e mountain bike (MTB), além dos fãs de adrenalina. Ao todo, a Uepla/Fundesporte atendeu cerca de 7,5 mil pessoas nos três dias de evento. O valor investido pelo Governo do Estado foi de R$ 305.463,00, via Fundo de Investimentos Esportivos (FIE-MS).

Ainda em relação aos esportes de aventura, a Uepla organizou as sete etapas do Campeonato Estadual de Canoagem (descida, velocidade, sprint, meia maratona), do calendário da Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul (FCaMS). Evidencia-se a histórica Prova de Canoagem Santa Delfina, considerada a mais antiga do Brasil, que chegou à 33ª edição nas águas do Rio Aquidauana. “Conseguimos também trazer duas etapas do Campeonato Brasileiro de Canoagem. Com a etapa da modalidade descida e kayak extremo, retomamos Bonito que desde 1992 não tinha nenhuma atividade em seus rios”, enfatiza Miranda.

A Uepla/Fundepsorte também teve como foco a assistência a demandas de esportes urbanos, como corridas de rua, passeios ciclísticos e caminhadas. Só em 2019 foram 21 corridas de rua atendidas, uma a cada 15 dias, em média, conforme o banco de dados do setor.

O fomento da prática esportiva dentro das autarquias que integram o Governo do Estado fez parte das ações da Uepla/Fundesporte. Dentre elas, destacam-se a Corrida e Caminhada e Primeiro Evento Esportivo da Sanesul, a 1ª Corrida da Assembléia Legislativa, a Corrida do Fogo: Wildfire Run Brasil e a Corrida do Leão, da Receita Federal. “Começamos a mostrar a importância das atividades físicas e os servidores e demais funcionários compraram a ideia”, finaliza Miranda.

Além de Rodrigo Miranda, a equipe da Uepla/Fundesporte é composta pelos servidores Rubens Arguelho, Virginia Vasconcellos, Jamir Américo, Paulo Gazzaneo, Silvério Bernal (Biro Biro), Carlos Alexandre Bernal (Birinho), Adonias Carneiro (Adir), Marcos Venicius Frandoloso.