Pivô douradense de 2,07m e apenas 17 anos começou com a professora Michele na escola Erasmo Braga. (Foto: Arquivo pessoal)

O esporte de Dourados tem mais um atleta de categoria de base integrando uma equipe de destaque, agora no basquete. O estudante Gustavo Gaiofato, 17 anos, vai disputar a temporada 2020 pelo Jundiaí, clube confirmado em competições de alto nível, como o Campeonato Paulista, Campeonato Brasileiro, Jogos Regionais e Metropolitanos, nas categorias Sub-21, Sub-18 e Sub-19. O Time Jundiaí é um dos principais do interior paulista e o douradense se apresenta para iniciar os treinos no dia 3 de fevereiro.

Gustavo, com 2,07m, é pivô e começou a jogar basquete na Escola Erasmo Braga, dirigido pela professora Michele Mendonça, mesmo na época não estudando no colégio, tradicional no esporte. “A mãe dele me procurou já que ele gostava muito de basquete e foi liberado para treinar com a gente. No início foi muito difícil porque ele tinha muitas dificuldade tendo em vista que estava crescendo muito”, lembra a técnica.

Depois, seguiu no esporte quando foi estudar no Anglo Unigran, agora acompanhando pelo professor Ycaro. Seu desempenho chamou a atenção do time Campo Mourão Basquete, que o contratou para duas temporadas.

Entre 2018 e 2019, disputou campeonatos estaduais, regionais e estudantis no Paraná, sempre terminando entre o primeiro e terceiro lugares. “Hoje está bem evoluído e muito preparado. Como ele sempre foi muito esforçado e dedicado, os resultados apareceram”, elogia Michele.

Agora, jogando contra grandes clubes de basquete do país e em cidades tradicionais do esporte, como Franca, Bauru, Ribeirão Preto e a própria capital paulista, Gustavo pode conquistar mais espaço neste período de afirmação nas categorias de base e já projetando espaço como jogador profissional nos próximos anos.