Sete abriu vantagem no primeiro tempo e suportou pressão do adversário no segundo (Foto: Grande FM)

Neste domingo (24), fora de casa, o Furacão venceu o Costa Rica por 2 a 0 e agora pode perder a partida de volta pela mesma diferença de dois gols que, mesmo assim, fica entre os quatro melhores. Os gols foram marcados por Ribeiro e Sena, mas o atacante Regis Wenzel foi fundamental, fazendo as jogadas e dando assistência para os gols douradenses.

Os dois times voltam a se enfrentar no domingo, às 15h, no Estádio Chavinha, em Itaporã. Aos nove minutos, o Sete conseguiu abrir o placar no Estádio Laertão. A jogada foi feita pela esquerda por Regis Wenzel. O atacante saiu da área, recebeu a bola em cobrança de lateral, se livrou de dois marcadores e bateu cruzado. A zaga afastou mal e Ribeiro aproveitou a sobra para colocar o time douradense na frente.

Aos 24 minutos, veio o segundo. Otacílio Neto lança Regis Wenzel e o atacante, de cabeça, deixa Sena livre para bater na saída do goleiro e ampliar a vantagem. Na volta do intervalo o time da casa foi melhor e pressionou em busca do gol, aproveitando, principalmente, a melhor condição física. Sem conseguir encaixar a marcação, o Sete viu o ataque do Costa Rica rondar a área durante os primeiros 20 minutos.

Depois, mesmo sem ameaçar o adversário, o time douradense conseguiu, pelo menos, reorganizar o sistema defensivo, mantendo a bola sem levar perigo ao goleiro Roger Paranhos. Aos 32 veio a chance do terceiro gol em passe do Otacílio Neto para Sena, mas o meia, ao tirar do goleiro Henrique, mandou a bola para fora. Sem marcar o gol que poderia virtualmente colocar o time na semifinal, os douradenses voltaram a se defender e segurar a vantagem por 2 a 0. A vitória, além de deixar a classificação próxima, coloca o Sete mais perto das melhores campanhas da competição, já que os pontos seguem sendo computados para efeito de desempate nas fases seguintes. Derrotados na rodada de ida, o Operário FC segue com 24 pontos e o Águia Negra com 23.O Sete agora também tem 23, mas segue em desvantagem em relação aos saldo de gols.

A rodada de ida das quartas de final começou no sábado, com a vitória do Aquidauanense sobre o Operário FC por 1 a 0, gol de Agnaldo cobrando pênalti aos 38 minutos do primeiro tempo. Na volta, próximo sábado, no Estádio Morenão, o Azulão joga pelo empate e o Galo precisa vencer o jogo para avançar.

Em Chapadão do Sul, a Serc reverteu a vantagem do Águia Negra ao vencer por 1 a 0, gol de Billy logo no segundo minuto de jogo. A volta acontece no domingo, em Rio Brilhante, e o Águia precisa vencer para seguir no campeonato.

No Estádio Arthur Marinho, de virada, o Corumbaense venceu o Comercial por 2 a 1. André Bahia colocou o Colorado na frente aos seis minutos da etapa inicial e, aos oito, Romarinho igualou. Nos acréscimos do segundo tempo, Bruno Santos fez o segundo gol do Carijó, fechando o placar. Na volta, em Campo Grande, um empate coloca o Corumbaense na semifinal.