Policiais paraguaios foram atacados com explosivos

-

Os militares da Força Tarefa Conjunta (FTC) feridos em explosão na manhã desta quarta-feira (27) no interior do Paraguai, proximidades de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil, foram vítimas de uma espécie de mina terrestre usada em combates.

De acordo com o comando militar, três militares da Força Tarefa Conjunta (FTC) ficaram feridos nesta quarta-feira quando a parte dianteira de um dos veículos em que patrulhavam a região passou sobre artefato explosivo enterrado na estrada interna de fazenda localizada no distrito de Yby Yaú. Os três homens foram medicados e estão fora de perigo.

O incidente ocorreu na Fazenda Paraíso, que está estrategicamente localizada entre os bairros Yby Yaú e o Sapucaí, na divisa dos Departamentos de Concepción e Amambay. Ficaram feridos o tenente Fernando Viveros, 1º Sargento Alex Aranda e 1º Sargento Juan Márquez que foram socorridos e encaminhados ao Hospital Regional de Concepción.

Os militares surpreendidos pela explosão estavam em duas vans da FTC fazendo reconhecimento e patrulhamento preventivo na área. Um dos veículos provocou a detonação, quando uma das rodas dianteiras passou sobre a “mina” estrategicamente e criminosamente colocada no local. A parte frontal do veículo que estava na frente ficou completamente destruída, segundo os comandantes militares que apuram o caso.

Vítimas estão fora de perigo.