O ataque foi atribuído ao grupo guerrilheiro Exército do Povo Paraguaio.(Foto: Divulgação)

Uma propriedade rural na localidade de Lorito Picada, distante cerca de 30 quilômetros de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, foi incendiada. Há uma semana, dois integrantes do Exército do Povo Paraguaio – EPP foram mortos, existindo suspeita de vingança por parte do grupo criminoso

O ataque foi confirmado esta manhã pelo tenente coronel Luís Apesteguia, porta voz da Força Tarefa Conjunta – FTC. Um galpão e objetos foram destruídos pelas chamas. Até o momento não se sabe se o incêndio deixou vítimas.

Há uma semana, foram encontrados na propriedade os cadáveres dos irmãos Benício e Yhony Arguello Larréa, integrantes do EPP, cujos corpos estavam em decomposição. Uma equipe da Força Tarefa Conjunta seguiu para o local e região para levantamentos e operação a caça dos incendiários.