Uma idosa que já estava desacordada depois de tomar centenas de ferroadas de abelhas foi salva por policiais militares do distrito de Sanga Puitã em Ponta Porã. A mulher e vizinhos foram atacados depois que os insetos ficaram agressivos com a presença de um trator que fazia o trabalho de roçada.

O operador da máquina foi atacado e pediu ajuda no posto policial do distrito e logo depois os militares foram informados que uma idosa de 81 anos que é cadeirante tinha sido atacada e não tinha conseguido deixar o local.

Os policiais foram até a casa da mulher e já a encontraram desacordada em choque anafilático. Mesmo sob o ataque das abelhas eles pegaram a mulher e colocaram na viatura e a levaram até o Hospital Regional de Ponta Porã onde a idosa ficou internada em estado grave.

As outras vítimas foram resgatadas pelo Corpo de Bombeiros e não correm risco de morte. Já a idosa que não teve o nome revelado ainda inspira cuidados e permanece na UTI do Hospital Regional.