A violência não tem fim em Pedro Juan Caballero, fronteira com Ponta Porã.  Mais duas pessoas foram assassinadas há pouco na Vila Guilhermina na Colônia Cerro Coraí, a cerca de oito quilômetros do centro da cidade.

Pouco antes o brasileiro Rafael Ribeiro de 28 anos tinha sido assassinado na Linha Internacional e a esposa dele Liz Paola Bobadilha ficou ferida e foi transferida da Clínica Viva Vida para o Hospital Regional de Pedro Juan, mas não corre risco de morte.

As outras duas vítimas dos assassinos são os paraguaios Martin Quintana Caballero e Dário Castilho Espínola, o Palula. Eles foram mortos por diversos tiros quando estavam em uma mercearia da localidade.

A Polícia Nacional do Paraguai ainda não tem mais detalhes do duplo homicídio. Com essas três mortes desta quinta-feira, 11 pessoas já foram assassinadas este mês em Pedro Juan Caballero.