Polícia Civil, com apoio do Corpo de Bombeiros, soluciona caso de desaparecimento na tríplice fronteira

-

A Polícia Civil, por intermédio das delegacias de Corumbá e Ladário, com apoio do Corpo de Bombeiros conseguiu solucionar ontem um caso de desaparecimento na tríplice fronteira. Um idoso de 69 anos, que estava desaparecido desde o dia 13/04 foi encontrado morto.

No dia 13 de abril foi registrado o desaparecimento de J.L.C., de 69 anos no Rio Paraguai próximo à fazenda Jaçanã na tríplice fronteira com Brasil, Bolívia e Paraguai.

De acordo com o boletim de ocorrência a vítima estaria pescando em uma parte funda do rio onde supostamente havia caído e se afogado.

Com tais informações o S.I.G (setor de investigações gerais) de Corumbá e Ladário, com o serviço de inteligência, começaram investigação para elucidação dos fatos.

As equipes se deslocaram até a região, com apoio do Corpo de Bombeiros, que realizou sobrevoo na área afim de localizar o corpo da vítima.

No local foram ouvidas duas testemunhas que afirmaram que a vítima havia sido alvejada por outro morador do local e o que o mesmo evadiu-se da fazenda no dia posterior ao homicídio.

Depois de dois dias de buscas, a vítima foi encontrada do outro lado da margem do rio, 50 m para dentro da mata, com quatro perfurações de arma de fogo, que confirmou o homicídio.

Em continuidade às diligências no local, não foi possível encontrar o autor, porém, ainda em contato com as testemunhas foi verificado que estes foram coagidos a mentir, pois o autor os ameaçou dizendo para não falarem sobre o crime.

As testemunhas disseram que o autor permaneceu na fazenda, evadindo-se apenas quando ficou sabendo que a polícia estaria a caminho, levando consigo um revólver e um fuzil.

As testemunhas foram encaminhadas para primeira delegacia de Corumbá para serem ouvidas e protegidas.

A Polícia Civil segue com as investigações, para apurar as causas do crime e continua as buscas para efetuar a prisão do autor.