Com carros roubados a dupla seguia para o Paraguai para buscar maconha. (Foto: Adilson Domingos)

Policiais Militares de Dourados em patrulhamento pela região do Campo Dourado, abordaram dois veículos com ocupantes, homens e mulheres, em atitude suspeita. A princípio em simples busca nos veículos nada irregular foi encontrado, porém uma busca minuciosa revelou adulteração de chassi.

Com a constatação perguntado aos condutores o que estariam fazendo na cidade, responderam que estavam apenas a passeio. No veículo gol preto com placas de Campo Grande estavam Leonardo Moreira James, de 26 anos, o “MCcida”, acompanhado de uma adolescente de 16 anos ambos moradores em Rondonópolis, Mato Grosso.

Já o Gol prata com placas de Naviraí, era conduzido por Felipe Hadam da Silva Machado (21), o “Diabo Loiro” morador em Cuiabá Mato Grosso que estava acompanhado também de uma adolescente de 16 anos, moradora em Rondonópolis. Leonardo e Felipe disseram que foram contratados pela quantia de R$ 5 mil para pegarem os carros no Mato Grosso e levar até o Paraguai, região de Capitan Bado onde seriam carregados com drogas e posteriormente retornariam para Mato Grosso.

As duas adolescentes afirmaram que são garotas de programa e disseram não saber que os veículos eram usados para o tráfico. Os carros estão com os porta-malas cheio de sacos de cimento e pedras para passar pela polícia sem levantar suspeita por estarem “levantados” tendo em vista que estão preparados com mola reforçada e erguidos para suportarem o peso da droga.