O venezuelano morreu na hora, devido a violência do impacto.(Foto: Adilson Domingos)

O Corpo de Bombeiros informou há pouco que um acidente envolvendo um veículo e um ciclista que seguia para o trabalho em uma empresa de alimentos na BR 163 na saída para Campo Grande em frente a Brasil Log, deixou um morto e um ferido em estado grave.

A vítima fatal seria o venezuelano identificado como Raynel José Cedeno Irigoyen de 34 anos, e morreu na hora quando o motorista de um Citroën C3, preto com placas HTC 7186 de Dourados, atropelou o ciclista, perdeu o controle de direção, saiu da pista e bateu em uma árvore a cerca de 70 metros do atropelamento.

Após bater na árvore o carro pegou fogo e o motorista ainda não identificado ficou ferido gravemente e precisou ser socorrido pela equipe Alfa do SAMU e deixou o local entubado e foi levado para o Hospital da Vida.

Os bombeiros conseguiram controlar as chamas do Citroën e o condutor foi tirado do interior do carro por motoristas que passavam pelo prolongamento da Marcelino Pires, evitando que ele fosse atingido pelas chamas que consumiam a parte da frente do carro.

A Polícia Militar controla o trafego no local que é muito movimentado e peritos da Polícia Civil estão no local do acidente fazendo os levantamentos para definir a dinâmica do acidente.

O venezuelano seguia pelo acostamento do prolongamento da Marcelino Pires e não usava a ciclovia existente naquele trajeto da pista, duas vias para circulação das pessoas que trafegam nos dois sentidos da pista duplicada.

Este foi o segundo acidente no trânsito de Dourados nas últimas 24 horas. Ontem o senhor Eurozino Fretas Santos de 67 anos morreu na rua Coronel Ponciano depois que um adolescente de 17 anos perdeu o controle de uma moto e o idoso que estava na garupa da moto morreu com um profundo corte no pescoço.