O adolescente morreu atingido por um disparo na barriga. (Foto: Adilson Domingos)

Uma tentativa de abordagem ocorrida na madrugada deste sábado na região central de Dourados terminou na morte do adolescente Marcos Antonio Ferraz Lopes Filho de 17 anos, morador no Altos do Alvorada. Ele foi atingido por um disparo de arma de fogo disparada por um agente da Guarda Municipal. O fato aconteceu o cruzamento das ruas Onofre Pereira de Matos com a Firmino Vieira de Matos, quando uma guarnição tentou abordar os ocupantes de um Celta com placas de Itaporá (SC). O motorista identificado como Vinicius Santos Prado de 19 anos que fugia da abordagem bateu o carro no meio fio e a irmã dele que vinha logo atrás em uma moto colidiu com a traseira do Celta.

Neste momento ainda não se sabe o motivo, Vinicius começou a girar com o carro no meio da rua com a irmã enroscada no veículo. Os guardas tentaram a abordagem, mas Marcos Antonio que estava no banco do passageiro apontou um simulacro de pistola para eles. Houve a reação por parte dos guardas e Marcos acabou morto com um tiro na barriga. No carro ainda estava um adolescente de 17 anos.

Testemunhas disseram que momentos antes os três estava em uma conveniência da região central e também em uma casa noturna onde Marcos já portava o simulacro de pistola. Ele estaria tentando intimidar as pessoas presentes nestes locais.

A condutora da moto foi identificada como Bruna Santos Segóvia de 26 anos e foi levada para a delegacia onde foi constatada que ele tinha ingerido bebida alcoólica o mesmo acontecendo com Vinicius. Os dois ficaram detidos na Delegacia de Pronto Atendimento. (DEPAC).

Agora a Polícia Civil vai investigar o caso e testemunhas e os guardas municipais que participaram da ação serão ouvidos para a conclusão do inquérito.