A Polícia Federal (PF) em Naviraí deflagrou ontem, a Operação War, decorrente de investigação que apura a participação de um advogado em Organização Criminosa responsável pela prática de contrabando de cigarros de origem paraguaia na região de fronteira. Foram cumpridos dois Mandados de Busca e Apreensão no município de Mundo Novo, em imóveis relacionados com o investigado.

As investigações apontaram que um advogado falsificava declarações sobre a origem de valores para pagamento de fianças (que, na verdade, pertenciam aos líderes da Organização Criminosa). Ainda, mesmo na defesa dos detidos envolvidos no delito de contrabando de cigarros, a atuação era voltada para preservar os interesses da Organização Criminosa, visto que os próprios presos, muitas vezes, sequer tinham conhecimento de quem os representava.

O cumprimento das medidas contou com a presença de representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e restou localizada considerável quantidade de munições de diversos calibres em situação ilegal. A apreensão resultou na prisão em flagrante delito do investigado, o qual foi conduzido para a Delegacia da PF de Naviraí.