Até helicóptero será usado na busca de assassinos de pai e filho na fronteira

-

O secretário de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Antonio Carlos Videira, informou há pouco que já existe um grande número de policiais na região onde o produtor rural Olenir Silva e o filho dele Antonio Alexandre Silva foram assassinados na manhã desta sexta-feira (14).

Homens do Batalhão de Choque, do BOPE e da Polícia Militar de cidades da região, além de um helicóptero estão sendo deslocados para dar apoio aos policiais de Amambai e do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) que já estão realizando buscas aos criminosos que entraram em uma mata da região depois de cometerem o crime.

As informações ainda são desencontradas, mas nas redes sociais surgiu a informação de que Nego Silva e o filho teriam flagrado um grupo roubando gado e os dois foram capturados e executados de forma violenta. A polícia não confirmou esta versão.

As vítimas eram pessoas conhecidas na região de Amambai e o crime causou comoção na cidade e há uma grande movimentação de produtores rurais e populares em direção a fazenda Peteĩ localizada na saída para Juti na MS 289.

Filho e pai foram assassinados na manhã desta sexta-feira (14) na fazenda da família em Amambai.(Foto: Arquivo)

VEJA TAMBEM