Ela foi a 18ª vítima de feminicídio no estado este ano. (Foto; Arquivo)

As Polícias Civil e Militar tentam localizar e prender Fábio Braga do Amaral, apontado e reconhecido como autor do assassinato de Erica Aguilar Pereira, morta na madrugada dessa terça-feira (11). O crime ocorreu no apartamento da vítima, no residencial Reinaldo Busanelli, no Bairro Ramez Tebet.

Erica foi morta por estrangulamento diante de filhos, uma de 14 e outro de 5 anos. Após matar Erica, Fábio tentou também matar a adolescente que conseguiu escapar e pedir ajuda a vizinhos.

Ao fugir o criminoso que é casado com outra mulher, ainda fez ameaças à adolescente caso chamasse a polícia. A adolescente foi ouvida na Delegacia da Mulher, mas o conteúdo das declarações preservadas.

A polícia aguarda resultado de exame cadavérico de Erica assim como Corpo de Delito na adolescente para definir se Fábio cometeu mais crimes. A adolescente ainda na fase de atendimento da ocorrência foi encaminhada para atendimento psicológico na Casa da Mulher Brasileira.

Prisões

Autor do homicídio, Fábio Braga do Amaral já esteve preso ao menos duas vezes por crimes diferente. Em 2008 foi preso por estupro e em 2010, por tráfico de entorpecente.