Bimotor cai na fronteira, é incendiado e corpo pode ter sido retirado

-

A aeronave Seneca matrícula PT-RTP, caiu hoje na região de Aral Moreira e aparentemente foi incendiada. Peritos e policiais do DRACCO estão seguindo para o local existindo indícios de crime após a queda.

De acordo com informações, após a queda ou pouso forçado, houve alteração, inclusive vestígio de que corpo, aparentemente do piloto foi retirado da aeronave a arrastado e carga retirada. Após a manobra, a aeronave aparentemente foi incendiada.

Interditada

Fabricada em 1983, a aeronave consta pertencer a uma mulher, que seria inclusive a operadora. Em situação a ser apurada, está impedida de voar, interditada com seu certificado de aeronavegabilidade suspenso.

Nessa condição, deveria estar em São Paulo, mas acabou caindo na região de Aral Moreira, distante apenas 50 metros do Paraguai. O que sobrou será periciado e investigações irão apurar o caso.

VEJA TAMBEM