A droga estava escondida em um compartimento falso na carreta.(Foto: Osvaldo Duarte)

Neste sábado (1) policiais rodoviários Federais – PRFs da Delegacia de Dourados, abordaram no km 271 da BR- 163, no Trevo da Penitenciária, a carreta Mercedes Benz 1938 com placas do Paraná, conduzida por um homem de 48 anos, morador em Barreiras, na Bahia. A carreta transportava uma carga de tubos PVC com destino a Rondonópolis, Mato Grosso.

Inquieto, o motorista “oscilava” em suas respostas aos policiais.Quando fizeram uma vistoria na cabine do veículo, os policiais identificaram um compartimento, o chamado “Mocó”, embaixo da cama na cabine do caminhão e ali “guardados” 498 quilos de maconha.

Preso, o motorista traficante disse que teria carregado quando estava vindo do Paraná. Em Mundo Novo ao parar em um posto de combustíveis, um elemento ofereceu R$ 5 mil para levar a maconha até Rondonópolis, em Mato Grosso, aceitou a empreitada criminosa e acabou sendo preso.

Pelos levantamentos realizados pela equipe PRF e pelas características do mocó, já havia sido utilizado em outras oportunidades. Preso, caminhão e entorpecentes, foram encaminhados à Polícia Federal onde o acusado foi indiciado por tráfico de drogas.