Peritos estiveram no local onde o corpo foi encontrado e o enviaram para o IMOL . (Foto: Olimar Gamarra)

O corpo do pedreiro José Zigomar dos Santos Alianda de 45 anos) o Zigue, foi encontrado por uma homem na tarde desta quinta-feira (12). Ele estava desaparecido havia quatro dias e no começo da semana o carro dele um Saveiro foi encontrado parcialmente queimando BR 163 ao lado do córrego Araras em uma região conhecida como “Bueiro”.  O homem que encontrou o corpo ligou para a Polícia Militar que esteve no local e depois acionou a perícia da Polícia Civil. O corpo de Zigue estava em uma mata as margens estrada do Cadeado distante cinco quilômetros do centro da cidade.

Ao lado do corpo que os familiares reconheceram como sendo de Zigue, e que estava apenas de cueca e camiseta foram encontradas uma corda e uma camiseta parcialmente queimadas. A bermuda da vítima foi encontrada a cerca de 20 metros do corpo.

Os peritos verificaram duas perfurações nas pernas da vítima e o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico e Odontológico de Dourados (IMOL) onde vai passar por necropsia.

A polícia de Rio Brilhante trabalha com a hipótese de que Zigue tenha sido assassinado depois de um desentendimento com uma pessoa que já foi identificada, mas não teve o nome revelado.

A briga entre os dois teria acontecido na noite de domingo nas proximidades de uma conveniência no bairro Neri Lima.