Os socorristas ainda conseguiram reanimar a criança que morreu á caminho do hospital. (Foto: Divulgação)

Mesmo com intensos esforços de uma equipe avançada do SAMU e de socorristas do Corpo de Bombeiros uma criança que foi retirada de um buraco de cerca de três metros de profundidade acabou morrendo quando era transferida para um hospital de Campo Grande.  A equipe chefiada pelo médico Tiago Borges do SAMU ainda conseguir recuperar a pulsação do bebê Jennifer, de apenas 1 ano.

O bebê ficou 40 minutos dentro do buraco de onde foi retirada após um Bombeiro ser seguro pelas pernas por colegas. Ao ser resgatada a menina já não respirava e chegou a ser dada como morta, mas numa ação rápida Bombeiros e equipe do SAMU iniciaram manobras de ressuscitação.

Durante quase uma hora a equipe Alfa 1 lutou pela vida da criança até que conseguiu recuperá-la. No momento em que a criança foi retirada do buraco as pessoas que estavam no local emocionadas aplaudiram os Bombeiros, o mesmo ocorrendo quando as equipes restabeleceram os batimentos e respiração do bebê.

A vítima foi entubada e levada para a Santa Casa, mas morreu no caminho. O corpo da criança será redirecionado sendo encaminhado ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal-IMOL. As circunstâncias do incidente serão apuradas pela 3ª Delegacia da Polícia Civil de Campo Grande.