DEFRON prende seis e apreende quase 2 toneladas de maconha na fronteira

-

A Polícia Civil, através da Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira-DEFRON, deflagra a Operação Fronteira Segura, apreendendo 1,75 tonelada de maconha em Aral Moreira e prende 3 indivíduos. Em Ponta Porã, apreende 1,7 tonelada da droga, recupera um veículo furtado e prende mais três integrantes do tráfico que se abrigavam em serralheria de fachada.

Como término de investigação em andamento há mais de 60 dias, nesta quarta-feira (21) a DEFRON deflagrou a Operação com foco nos municípios de Aral Moreira e Ponta Porã. Na cidade de Aral Moreira ao acompanhar negociação na venda de drogas, os policiais entraram em uma casa localizada no Bairro Ipê, onde surpreenderam três pessoas. Na carroceria de uma camionete, embaixo de um móvel e no forro da casa foi apreendida uma carga de 1.250 quilos de maconha, além de uma caminhonete S10.

O morador na casa, paraguaio de 52 anos, possui extensa ficha criminal, tendo cumprido mais de cinco anos de prisão, no regime fechado, pela prática de tráfico de drogas. Os outros dois presos, moradores em Aral Moreira, foram capturados após um cerco policial, pois fugiram pulando muros, não possuem ficha criminal e alegaram terem sido iludidos pela promessa de lucro fácil oferecido pelo paraguaio.

Em outra frente da operação, já em Ponta Porã a DEFRON, com o apoio de policiais do 1ºDP, no andamento de investigação que identificou uma serralheria instalada no Bairro da Granja que funcionaria como entreposto de armazenamento e distribuição de drogas, onde mais três traficantes foram presos e apreendidos 550 quilos de maconha, um Voyage furtado em Campo Grande, e que estava com placas do Paraguai.

Todos os presos foram autuados em flagrante de tráfico de drogas e associação para o tráfico, além da receptação para os flagrados na serralheria em Ponta Porã. A DEFRON, com mais essa ação, reafirma o seu constante trabalho no combate ao tráfico de drogas, sendo destacado que esse crime propulsiona a prática de vários outros, tais como homicídio, lesão corporal, roubo e furto.

VEJA TAMBEM

MS em Foco. Todos os direitos reservado.