O deputado foi levado por agentes para a sede da PF na Capital. (Foto: Top Mídia News)

O deputado estadual Zé Teixeira (DEM) foi preso em um hotel da Capital onde se hospeda nos dias de sessão. Zé Teixeira está no quinto mandato e busca a reeleição.  Logo cedo os policiais federais chegaram na casa do parlamentar em um bairro nobre aqui de Dourados e saíram por volta das oito e meia da manhã.

O escritório do deputado que fica na avenida Weimar Torres no centro da cidade também foi alvo da operação.

Logo depois da prisão de Zé Teixeira o advogado dele Carlos Marques disse estranhar uma operação em período eleitoral e que estava aguardando o processo para pode organizar a defesa do cliente.

Em Campo Grande os federais estiveram também no gabinete do deputado na Assembléia Legislativa de onde documentos foram levados. Zé Teixeira já tinha sido citado na deleção dos irmãos Joesley e Weslei Batista no caso da JBS como um dos pecuaristas que emitam notas fiscais para ocultar o pagamento de propinas pagas para políticos e autoridades estaduais em troca de favorecimento da empresa no Mato Grosso do Sul.