O acusado era foragido da Justiça. (Foto: Divulgação)

Wiliam Aliendre Benites de 29 anos, morador em Itaporã foi preso na tarde de ontem em Dourados ao ser flagrado com o aparelho de telefone celular contendo vários vídeos e fotos de cenas de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes. Ele foi encontrado pela Polícia Militar no Jóquei Clube na periferia da cidade.

Morador em Itaporã Wiliam era foragido da Justiça acusado por estuprar a enteada de 15 anos, portadora de síndrome de Down. Desta vez ele foi autuado novamente por crime de pedofilia.

Ele participava de um grupo de WhatsApp identificado como Caldo de Polo que divulga através de redes sociais imagens de crianças e adolescentes em fotos e cenas de sexo.

Ele disse que não sabia como teve acesso ao grupo e alegou não conhecer o administrador do mesmo. Wiliam foi preso em flagrante e será levado para a Penitenciaria Estadual de Dourados já que havia contra ele um mandado de prisão.