O homem achado morto junto a um padrão de energia elétrica de estabelecimento comercial na Avenida Gury Marques nesta terça-feira (16), foi identificado no final da manhã como sendo Julian Estácio de Souza, de 33 anos. Ele foi identificado a partir de reconhecimento pela mãe, no Instituto de Medicina e Odontologia Legal – IMOL.

Conforme relato da mãe, Marinez, Julian era morador de rua, não tinha paradeiro e não possuía documentos pessoais. Após o trabalho de necropsia, o corpo será entregue a familiares para sepultamento. A princípio, a polícia não constatou anotações contra Julian;

A morte

Por volta de 6h30 de hoje o Corpo de Bombeiros e Polícia foram acionados a princípio para um caso de morte a esclarecer, em que a vítima foi achada morta junto ao muro e padrão de energia de uma empresa de motos. Com os levantamentos foi constatado que Julian (até então desconhecido), subiu em um poste de energia aparentemente para retirar a fiação elétrica quando acabou recebendo descarga elétrica provocando a queda de uma altura de seis metros.

O responsável pelo estabelecimento relatou para a polícia que ao chegar no comercio percebeu que não havia energia, quando constatou que o relógio de ponto estava parado. Com a energia sendo reativada, foi possível saber que o relógio de ponto parou por volta de 1h da madrugada. Para a polícia, esse pode ter sido o horário que Julian puxou o fio do transformador, recebeu a descarga e caiu. Ele estava com um dos pés quebrado por conta da queda.