Julião Cavaleiro é o principal suspeito de cometer o crime. (Foto: Osvaldo Duarte / Dourados News

O indígena Julião Cavaleiro, de 20 anos, foi preso acusado de roubar e matar o produtor rural Antonio Biagi Neto, de 65 anos, entre a tarde desta terça-feira (7) e a madrugada desta quarta-feira (8) em Caarapó.

Conforme noticiado pelo MS em Foco, a vítima havia desaparecido na tarde de terça e durante a noite o indígena foi encontrado com o carro dele um Fiat Strada que foi batido durante uma tentativa de fuga.

O corpo de Antonio foi encontrado pela polícia na MS 156, após uma investigação que envolveu a Polícia Civil de Caarapó, SIG (Setor de Investigações Gerais) de Dourados, DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e Polícia Militar. A princípio ele foi morto a pauladas.

Julião possui diversas passagens pela polícia, entre elas latrocínio e receptação, além de tentativa de homicídio enquanto menor. Ele foi autuado em flagrante por latrocínio, que é o roubo seguido de morte, e a polícia investiga se houve participação de outras pessoas no crime.