Ramona morreu na hora e é a segunda vítima fatal em menos de 24 horas em Dourados. (Foto: Adilson Domingos)

Uma indígena identificada como Ramona Dias morreu na noite deste sábado (10) morreu depois de ser atropelada por um veículo na BR 163 nas proximidades do Trevo do DOF que dá acesso ao Parque de Exposições. O tráfego é intenso no local, pois há uma festa no parque e muitas pessoas seguem para assistir ao rodeio.

Ramona estava de bicicleta com o marido que está completamente embriagado e morreu na hora. O marido da vítima ainda tentou destruir o carro que atropelou a esposa e precisou ser contido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) que está no local atendendo a ocorrência.

O casal mora em um assentamento nas proximidades do Kanoas Restaurante e voltavam para casa quando ocorreu o atropelamento que envolveu um Táxi com placas de Caarapó. O motorista que não teve o nome divulgado disse que não conseguiu evitar o acidente, pois a ciclista teria entrado na pista de rolamento.

Esta foi a segunda morte no trânsito em Dourados nas últimas 24 horas. Ontem o mototaxista Francisco de Assis, o Amarelo de 53 anos, morreu depois de ser atropelado na Coronel Ponciano em frente ao Paço Municipal.